domingo, 24 de outubro de 2010

Espaço

Cá estou, eu meu pc e meu teclado que insiste em não dar espaço...Espaço, sim essa é a palavrinha mágica que hoje preciso falar. São tantos espaços abertos e outros que preciso arrumar, e poronde começar...( olha a droga do teclado..) . Vamos lá... Preciso de espaço no armário, no guarda roupa e na estante. Como pode um ser humano arrumar tanta tralha e coisas que parecem ser importantes, ou melhor, de suma importância, porque carga d águas eu preciso guardar coisas que estão ali esperando sabe Deus o quê. Todo tipo de coisa, digo, por que sabe lá eu me apego. Ah o apego, que mal desnecessário na vida da gente. Pois bem, queria tanto, mas tanto me desapegar de tais coisas, mas cada coisa tem uma história e aí me vem minha infância, me vem meus amigos, me vem tanta coisa, que nem sei mais. Tenho minha cartilha, Caminho Suave, ba be bi bo bu, pois, pois, não consigo me desfazer, nem pensar, jamais. Meu caderno de música, encapado com palitinhos de fósforos delicadamente colocados com minhas mãozinhas tão inocentes, isso lá pelos meus oito anos de idade, e meu livro Reinações de Narizinho, ah não uma relíquia de Monteiro Lobato! Por que naquela época havia inocência, coisa descabida nos dias de hoje. Meus filhos, por exemplo, não encapam caderno, nem pensar, pra que...E eu perdida nas minhas velhas recordações e os espaços, ah os espaços, ainda preciso deles, preciso do desapego. Preciso, preciso, o verbo precisar. Preciso, tempo preciso, tanto preciso e ainda tenho espaço, um espaço dentro de mim, algo que precisa continuar ou quem sabe acabar. Tempo, tempo, tempo...ah e tem o teclado...esse vai pro lixo...logologo.

4 comentários :

vulcano disse...

Voce sabe usar as palavras, tem estilo e sensibilidade, nao pare!!!!!!!!!!!!!! bjs

ivandro disse...

Já estou seguindo o seu blog e achei sensacional,parabéns,gostaria de contar com você no meu blog obrigado.

S.O.S - Anjos de Deus disse...

Adorei suas palavras, já estou te seguindo, parabéns pelo sentimento com que escreve. Aguardo vc no meu blog.kiss...Khelen.

Anônimo disse...

Nara,

Desse jeito vou acabar me apegando muito a você. E arrumar espaço onde, meu Deus?